Redução de juros para a compra da casa própria deve movimentar o setor de imóveis de luxo em São José dos Campos

Redução de juros para a compra da casa própria deve movimentar o setor de imóveis de luxo em São José dos Campos
Compartilhar
  •  
  •  
  •  


A partir desta semana começa a vigorar a redução de juros para o financiamento da casa própria. A queda dos juros foi uma iniciativa da Caixa Econômica Federal numa tentativa de movimentar o setor imobiliário.  Portanto, a partir de agora, as taxas do Sistema Financeiro de Habitação (SFH) e do Sistema Financeiro Imobiliário (SFI) terão a mesma variação, 8,5%. No Vale do Paraíba, em São José dos Campos, a medida deverá favorecer a venda de imóveis, principalmente os de alto padrão.

Silvia Rocha, corretora de imóveis com MBA em Gestão Empresarial e pós – graduada em Negócios Imobiliários disse que a medida veio em boa hora, principalmente para quem já estava se organizando para comprar um imóvel deste tipo.

“Para quem já estava preparado, com uma reserva pronta, pode ser o empurrão que faltava. A queda dos juros vai funcionar muito bem para imóveis acima de R$1,5 milhão, comentou Sílvia Rocha.

 No caso do SFH (Sistema Financeiro de Habitação), os juros caíram de 8,75% + TR ao ano para 8,5% + TR ao ano; no SFI (Sistema Financeiro Imobiliário), a redução de foi TR + 9,75% para TR + 8,5.  O Instituto de Mercado de Capitais (IBMEC) calculou e apontou um exemplo na prática, para um imóvel de 2 milhões, a economia com novas taxas chega a R$421 mil.

Com a redução dos juros, as pessoas se motivam e replanejam os seus orçamentos a fim de financiarem um imóvel. Outros pontos positivos da medida são a retomada de investimentos no setor e a geração de empregos, que consequentemente, provocam maior renda e aquecimento da economia.

Este também é o raciocínio do Secovi-SP (Sindicato da Habitação) que tem uma expectativa de efeito cascata em todo o mercado imobiliário. Com juros mais baratos, as famílias ganham maior capacidade financeira de contrair crédito imobiliário. Por tabela, as incorporadoras conseguem realizar mais negócios.        

Para a especialista Sílvia Rocha, a oferta e procura por imóveis de alto padrão são muito boas. Os principais clientes são pessoas que deixaram a cidade de São Paulo para virem morar em São José, principalmente na região oeste da cidade.

“Temos na cidade, imóveis de alto padrão com preços atrativos e arquitetura arrojada. A expectativa é que as pessoas se sintam mais confiantes na hora de negociar o financiamento”, disse Sílvia Rocha.

  E existem números que favorecem esta confiança: Nos últimos 12 meses encerrados em abril, foram financiadas a aquisição e a construção de 251,6 mil imóveis, num aumento de 36,9% comparado aos 12 meses anteriores, quando 183,7 mil unidades foram financiadas.

Segundo a Abecip (Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança) os números confirmam a estimativa da entidade de aceleração nos financiamentos imobiliários ao longo deste ano. (Renata Vanzeli – Solução Textual)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *