Estresse pode causar aumento de peso, alerta especialista

Estresse pode causar aumento de peso, alerta especialista
Compartilhar
  •  
  •  
  •  

Tensões do dia a dia geram alterações no organismo e podem aumentar o apetite.
O Brasil é o segundo país com maior índice de estresse relacionado ao trabalho no mundo.

Há quem diga que o estresse é o culpado de tudo, mas será que a culpa é mesmo do estresse? Vamos entender quando e por que ele aparece e como ele pode aumentar o seu peso caso você não tome uma atitude e direção correta.

O estresse não é algo ruim. Ele é acionado apenas para a sua sobrevivência, ou seja é uma resposta biológica do seu corpo quando você precisa caçar, lutar, fugir ou fazer algum reparo no organismo. Ele aparece quando você sente uma ameaça. Hoje isso é vivido dentro do seu trabalho, no trânsito, desentendimentos, por emoções negativas, mídias sociais, ondas eletromagnéticas, mas também quando você restringe alimentação como em jejuns, dietas restritivas, lesões musculares, falta de nutrientes ou água, privação de sono, dor ou medos.

“Sim! É muito fácil gerar estresse e nessa cascata de reações biológicas o hormônio CORTISOL é liberado. Cortisol alto, aumenta a secreção no estômago do hormônio da FOME, grelina, que te traz sinais para comer. Ao mesmo tempo diminui o hormônio da SACIEDADE (leptina) e os hormônios do RELAXAMENTO que te acalmam (GABA e serotonina). E então você acaba comendo mais!  Somado a isso, esse aumento de cortisol também pode aumentar a gordura abdominal e a perda de massa magra. Esse conjunto de reações podem causar aumento de peso”, explica a nutricionista e terapeuta Lisyanne Sugai.

Segundo o IBGE de 2019, o excesso de estresse relacionado ao trabalho tem sintomas similares aos da depressão e afeta cerca de 32% da população brasileira. Está comprovado que esse estresse causado por tensões do dia a dia gera ansiedade e que se não tratada a causa, pode evoluir para crise de ansiedade, ataque de pânico e insônia, alerta a terapeuta.

“Nosso corpo é uma máquina perfeita e, portanto, não existe vilão ou mocinho. É como um jogo de perguntas e respostas:  Os sintomas que aparecem no seu corpo são as respostas; é apenas uma consequência da maneira que você vive diariamente, isto é, de como você recebe as informações segundo a segundo, que são as perguntas. Não é apenas um fator que te faz engordar. Buscar o equilíbrio entre sua mente e o seu corpo é que vai te curar de doenças tanto físicas como emocionais”, diz Sugai.

A Nutricionista e Terapeuta, Lisyanne Sugai, desenvolveu um método de emagrecimento focado na mente, PESMESC, onde trabalha de maneira conjunta os conhecimentos da nutrição às questões emocionais que levam ao aumento de peso. “Para emagrecer o corpo é imprescindível equilibrar com a sua mente! É ela quem controla todos os seus processos fisiológico, metabólico e digestório. Encontrar a causa biológica da obesidade, olhar de uma nova forma para esse evento, quebrar as correntes que te amarram e impedem chegar no seu sonho e ter um caminho e direção correta a seguir são etapas fundamentais para o sucesso no emagrecimento duradouro!”, ressalta Lisyanne

Para melhorar o estresse e a ansiedade e evitar ser surpreendido ao subir na balança, faça um balanço do seu dia. Encontre os leões e resolva dentro de você. Para acalmar, tome algumas respirações profundas se concentrando no seu interior. Visualize o que você quer para sua vida e sinta como se já estivesse vivendo esse lugar! Aprenda a relaxar, nutrir seu corpo, sua mente e limpar excessos emocionais. Se não consegue sozinho peça ajuda!

Abusar do álcool, de drogas e cigarro são outras maneiras erradas que a mente usa para driblar o estresse. Assim como a alimentação desregrada, o vício em comer comer. Esses comportamentos não resolvem o problema e causam ainda mais prejuízos à saúde (física e emocional).

Ser honesto consigo mesmo é a melhor maneira de fazer esse balanço no seu dia a dia. Reconhecer as suas qualidades e também os seus próprios defeitos, é essencial para a base do seu equilíbrio emocional. Quais as qualidades e características que são ditas e sentidas verdadeiramente por VOCÊ? É preciso deixar de lado a opinião dos outros e a própria mania de perfeição.

A nutricionista e terapeuta também utiliza muitas técnicas da medicina chinesa e reprogramação mental para que seus pacientes possam alcançar seus objetivos e aprendam a lidar com o estresse de maneira natural. (Fernanda Aleixo – Assessoria de Imprensa)